Atendendo os servidores, Câmara poderá promulgar reajuste salarial

Por em junho 15, 2016 2:07 pm , Categorias:
Atendendo aos pedidos dos servidores municipais, os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande rejeitaram o veto total do Poder Executivo, garantindo  linearmente o índice de 9,57% de reajuste a todos os funcionários públicos da Capital.
Na sessão ordinária desta terça-feira (14), os parlamentares rejeitaram o veto total do Poder Executivo ao Projeto de Lei n° 8.275/16, que dispõe sobre a revisão geral de remuneração dos servidores do Poder Executivo e dá outras providências. O veto foi rejeitado em única discussão e votação.
Em Plenário, o vereador Mario Cesar, vice-presidente da Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação Final e membro da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento, reafirmou que o reajuste de 9,57% não viola a lei eleitoral e é perfeitamente legal, pois repõe a inflação do ano todo. “Vários municípios do país e até de Mato Grosso do Sul fizeram a mesma coisa”, disse.
A proposta segue agora para sanção do prefeito, que terá 48 horas para sancioná-lo, caso contrário, o projeto será promulgado pelo presidente da Casa de Leis. (Assessoria)