CPI da Vacina agenda convocação e estuda quebra de sigilo telefônico

Por em junho 21, 2016 1:24 pm , Categorias:
Em mais uma reunião de trabalho da CPI das Vacinas, realizada nesta segunda-feira (20), os vereadores que investigam o sumiço de pelo menos 3 mil doses contra H1N1 da rede pública de saúde convocaram a superintendente de Epidemiologia da secretaria estadual de Saúde, Kátia Mougenot, para a primeira oitiva. Ela deverá prestar esclarecimentos na sexta-feira (24), às 16h, no Plenário Edroim Reverdito.
A convocação foi aprovada por todos os parlamentares presentes na reunião. Outro ofício aprovado será encaminhado ao superintendente de Desenvolvimento de Sistemas do Instituto Municipal de Tecnologia da Informação, Francisco Natalino da Silva, requerendo todas as filmagens das câmeras do circuito interno do órgão no período do dia 21 até o dia 25 de maio de 2016.
A Comissão Parlamentar de Inquérito também entrará com pedido de quebra de sigilo telefônico de três servidoras públicas, cujos nomes não foram divulgados, e aguarda para a próxima sexta-feira a confirmação da videoconferência com um responsável técnico do Ministério da Saúde.
“Podemos estar perante uma situação de favorecimento de comissionados e primeiro escalão do prefeito Alcides Bernal. [Solicitar a quebra de sigilo telefônico] antes de ouvir as servidoras, é exatamente para confrontar”, afirmou o vereador Alex do PT, que preside a Comissão. “A população nos cobra onde estão essas vacinas”, emendou Chiquinho Telles.
O colegiado que investiga o sumiço das vacinas é composto ainda pelos vereadores Dr. Livio (relator), Vanderlei Cabeludo e Engenheiro Edson. (Assessoria)