Diretor da Sanesul vistoria obras no interior do estado

Obras do reservatório enterrado, que terá capacidade para armazenar 4 milhões de litros de água Por em setembro 27, 2016 8:20 pm , Categorias: Categorias:

O diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha, vistoriou obras e se reuniu com equipes das unidades da Gerência Regional de Nova Andradina (Nova Casa Verde, Nova Andradina, Batayporã, Ipezal, Angélica e Deodápolis). No distrito de Nova Casa Verde, cujo sistema de abastecimento a Sanesul assumiu recentemente, o diretor-presidente conferiu os serviços que já estão sendo oferecidos para a população.

O distrito, que passou a contar com água tratada, fornecida pela Sanesul, recebeu investimentos, com recursos próprios da Empresa, de R$ 2,8 milhões, que englobam a construção de dois reservatórios, com capacidade para armazenar 300 mil e 150 mil litros de litros de água, respectivamente, implantação de 23.678  metros de rede de distribuição e 1.125 ligações domiciliares, além da ativação de mais um poço.

Em Batayporã, o diretor-presidente vistoriou as obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário na cidade, cujo investimento é de R$ 4,8 milhões, recursos próprios da Sanesul, e contempla a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto com capacidade para tratar 13,5 litros de efluentes por segundo, construção de uma estação elevatória (desloca água de um nível mais baixo para um mais elevado), de 4.721 metros de rede coletora de esgoto, 832 ligações domiciliares de esgoto e interligação da rede existente ao novo sistema.

Luiz Rocha também visitou as obras ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Nova Andradina. O novo módulo da ETE, que está sendo construído, terá capacidade para tratar 40 litros de esgotos por segundo. Também serão construídos cerca de 660 metros de rede coletora na Rua 7 de Setembro. Estão sendo investidos R$ 2,7 milhões na obra, recursos próprios da Sanesul.

No distrito de Ipezal e em Deodápolis, Luiz Rocha visitou o escritório de atendimento e conversou com os funcionários sobre estratégias de gestão e cumprimento do Plano de Metas.

Em Angélica, o diretor-presidente verificou os serviços de reposição asfáltica realizados após os serviços de manutenção das redes.

Já em Ivinhema, conferiu a implantação de cerca de dois quilômetros de novas redes de abastecimento nos bairros Triguinã e Água Azul, serviço que melhorou a qualidade do abastecimento de água na região, principalmente em períodos de maior consumo.

O gerente regional de Nova Andradina, Jair Ribeiro, acompanhou as visitas.

DOURADOS

Em Dourados, o diretor-presidente vistoriou o local de captação no Rio Dourados, e as obras de ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Atenta ao crescimento populacional da 2º maior cidade do estado, a Sanesul está  investindo R$ 93,2 milhões, com recursos próprios da concessionária via Caixa Econômica Federal, na ampliação do sistema de abastecimento de água. Estão sendo perfurados dois super poços, cada um com profundidade de 600 metros e previsão de vazão de 250 mil litros de água por hora.

Também estão sendo construídos reservatório enterrado, com capacidade para reservar 4 milhões de litros de água, estação elevatória com capacidade de 500 litros por segundo e dois módulos da Estação de Tratamento de Água (ETA), perfazendo um total de oito módulos, com capacidade para tratar 250 mil litros de água por hora cada uma.

Ao todo, o abastecimento de água em Dourados será incrementado em cerca de 1,2 milhão de litros de água por hora, que aumentarão em 50% a produção de água na cidade ao final das obras, que está dividida em etapas. Algumas já em execução e as outras que ainda serão licitadas.