Câmara aprova inclusão de festa japonesa no calendário oficial

Vereador João Rocha, “padrinho” do Mercadão Municipal, destaca importância da Festa Undokai Por em agosto 20, 2019 1:12 pm , Categorias: Categorias: Categorias: Categorias:

 

 

A edição do Projeto de Lei 9.262/19, de autoria dos vereadores João Rocha (PSDB) e Ademir Santana (PDT), fará da Festa Undokai um marco oficial dentro do calendário de eventos de Campo Grande. “Esta é uma das tradições mais fortes que os japoneses cultivam e enriquece a diversidade cultural da cidade. Por isso, entramos com o projeto, para consagrar a grande dimensão desse acontecimento nas relações de amizade e cooperação entre os dois povos”, afirmou Rocha, que é o presidente da Câmara de Vereadores.

 

A Festa Undokai [gincana esportiva, em japonês] chega à sua 34ª edição neste ano. É um evento de referência universal para a etnia japonesa, principalmente para os descendentes que vivem fora do Japão e querem manter suas tradições. É o que fazem, por exemplo, os membros da Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira de Campo Grande, com o apoio de entidades públicas e não-governamentais.

 

João Rocha ressalta o apelo popular e social da festa: “É um encontro de esportes, com pessoas comuns, não necessariamente praticantes de uma modalidade esportiva específica. São amadores em sua maioria”, diz. “Assim, com essa gincana poliesportiva, a comunidade nipônica tem um elemento cultural e social fortíssimo para ampliar o congraçamento entre pessoas de uma mesma origem com outras etnias e a comunidade em geral”, avalia o vereador.

 

O PADRINHO

 

A Associação dos Comerciantes do Mercado Municipal de Campo Grande (Associmec) reconheceu e enalteceu o papel das autoridades e amigos que atuam decisivamente pelo fortalecimento daquele histórico ambiente econômico, social e cultural. Durante a inauguração do espaço gourmet do Mercadão, a diretoria da Associmec ressaltou sua gratidão a várias lideranças e mencionou o esforço do vereador João Rocha, que fez insistentes reivindicações às autoridades no sentido de assegurar o funcionamento do local.

 

Cleuber Linhares, presidente da Associação, disse que o vereador passou a ser um padrinho do Mercadão. “Passei a admirá-lo muito pelo jeito tranquilo e sereno de resolver as coisas”, definiu, endossado pelo diretor de patrimônio Ronald Kanashiro: “Fechamos com ele por tudo que tem feito pela gente. É como se fosse um filho do Mercado Municipal”, comparou.

 

João Rocha, no entanto, creditou as conquistas ao trabalho de todos os 29 vereadores, salientando que o Legislativo cumpre com suas obrigações. Com seu fortalecimento, o espaço tradicional de comércio, inaugurado em 30 de setembro de 1958, possui atualmente 144 bancas e 77 boxes, gerando emprego e renda a cerca de 500 pessoas. Diariamente é visitado por 5 mil pessoas, em média.