Culinária Detox é tema da ‘Cozinha Experimental’

A dieta detox elimina toxinas que estão presentes em vários alimentos que consumimos e são prejudiciais ao nosso organismo Por em novembro 1, 2018 2:33 pm , Categorias: Categorias:

 

 

O próximo curso do programa de prevenção “Cozinha Experimental”, que acontece na terça-feira (6), será dedicado a receitas que ajudam a desintoxicar e eliminar substâncias prejudiciais ao organismo, por meio de uma dieta detox. O programa tem propósito de despertar o interesse por uma alimentação mais saudável, para gerar assim, maior qualidade de vida. A Cozinha Experimental foi criada em 2012, em Campo Grande, e, desde o ano passado, também é realizada em Dourados. Na Capital, os cursos acontecem na Rua Abrão Júlio Rahe, 97, e em Dourados, na Rua Onófre Pereira de Matos, 5534-5644, no Jardim Climax. Para se inscrever, o beneficiário deve ligar no (67) 3382-8584, Campo Grande, e (67) 3033-8350, Dourados. O valor da inscrição é de R$ 30,00.

 

A nutricionista e coordenadora da “Cozinha Experimental”, Melissa de Andrade, explica que a dieta detox elimina toxinas que estão presentes em vários alimentos que consumimos que são prejudiciais ao nosso organismo.

 

“A dieta detox é uma técnica da Nutrição que visa desintoxicar o organismo dos alimentos que consumimos no dia a dia, como os produtos industrializados, cereais refinados, açúcar, enfim, tudo que é industrializado, até o próprio agrotóxico das frutas e verduras. Essa dieta busca eliminar essas toxinas e para a gente fazer uma dieta detox nós temos que excluir esse tipo de alimento, então, ela é feita a base de produtos naturais, como os produtos orgânicos, cerais integrais e leites vegetais, entre outros”, conta.

 

Melissa explica ainda que a dieta detox deve ser feita com acompanhamento de um profissional.

 

“A dieta detox não emagrece, o emagrecimento acaba sendo consequência dessa desintoxicação. Quando se elimina essas toxinas, automaticamente se perde peso. Então, quando as pessoas fazem essa dieta e emagrecem, elas querem prolongar, porém, essa dieta deve ser feita até no máximo dez dias.

 

É uma dieta muito bacana, mas pode ser preocupante, por isso, deve ter acompanhamento de um nutricionista. Ela pode oferecer um resultado muito bom, contudo, como ela é restrita, variando entre 800 e 1.000 calorias, deve ser aliada a uma dieta mais equilibrada e sempre com orientação de um profissional”, aponta.