Desafio Universitário Empreendedor revela campeões

Vencedores representarão o estado na grande final em Brasília Por em março 16, 2017 7:56 pm , Categorias: Categorias: Categorias: Categorias:

 

Neste fim de semana, acadêmicos de Mato Grosso do Sul participam da semifinal do Desafio Universitário Empreendedor, iniciativa do Sebrae realizada em todo o território nacional para estimular o empreendedorismo entre estudantes universitários. O evento acontece simultaneamente em todos os estados da federação.

Em MS, a decisão estadual começa às 13h30 desta sexta-feira (17), na sede do Sebrae na Capital, e termina no domingo, 19 de março, quando a partir das 15 horas serão conhecidos os vencedores, que levam para casa troféu e smartphone. Os quatro melhores colocados formarão a equipe do estado que estará presente na grande final, de 07 a 12 de abril, em Brasília, cuja premiação é de R$ 20 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil, respectivamente, para as três primeiras colocadas (valor concedido a cada integrante dos grupos).

Ao todo, 22 estudantes de cinco universidades (Estácio de Sá, FIPAR, FSST, UFGD e UFMS) e sete municípios (Anastácio, Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Ladário e Paranaíba) concorrem à etapa sul-mato-grossense. Também serão reconhecidos os trabalhos da universidade com o maior número de inscritos e o professor mais indicado pelos participantes da disputa.

Durante os três dias em Campo Grande, os alunos trabalharão individualmente e em grupos para transformar suas ideias em modelos palpáveis para a criação de empresas. Dentre as atividades que contarão pontos para cada competidor estão: jogo empreendedor; análise das características do comportamento empreendedor; elaboração do Canvas e apresentação de pitches; além de dinâmicas sobre empreendedorismo e negócios sociais; modelagem de negócios e empreendedorismo corporativo.

“Queremos que eles adquiram atitudes empreendedoras e reflitam sobre os desafios do mercado e da vida, desenvolvendo e aprimorando habilidades para aplicarem tanto na vida pessoal, quanto na rotina do próprio negócio ou na empresa em que trabalham”, afirma Patrícia Pereira, analista técnica do Sebrae/MS e gestora estadual do Desafio Universitário Empreendedor.