Festival América do Sul chega a Corumbá em novembro

Zezé Di Camargo & Luciano abrem o Festival América do Sul com show no dia 14 de novembro (quinta), às 22 horas Por em outubro 24, 2019 7:26 pm , Categorias: Categorias: Categorias: Categorias: Categorias:

 

 

O 15º Festival América do Sul Pantanal (FASP) foi lançado no último dia 16, no Yotedy Buffet, com a presença do cantor Zezé di Camargo e autoridades locais, como a diretora-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), Mara Caseiro, e o governador do Estado, Reinaldo Azambuja. Marcado para o período de 14 a 17 de novembro, o maior evento cultural da América do Sul tem nesta edição, o seguinte tema: ‘Corumbá, o Coração da América!’.

 

Em seu discurso, Mara falou sobre a diversidade cultural de Corumbá que “tem em seu gene histórias de guerras, de desavenças, mas também de união, de enlaçamento de gentes de todas as origens”. “Bem denominada como Coração da América do Sul, Corumbá tem sua história cultural formada por influência de povos do mundo inteiro. É na culinária, na música, no artesanato e na literatura que percebemos a marca de árabes, italianos, portugueses, paraguaios, argentinos, uruguaios, bolivianos e indígenas que viram na região, um local de excelência no ponto de vista comercial, histórico e ambiental.”, declarou.

 

Com mais de 50 atrações artísticas gratuitas, o FASP 2019 contará com apresentações musicais em três palcos especiais: Integração, onde ocorrem os maiores espetáculos; no Moinho Cultural, com um som mais “intimista”; e em Ladário, cidade irmã que mais uma vez participa do evento. No Palco Integração, haverá shows de Zezé Di Camargo e Luciano, Diogo Nogueira, Paralamas do Sucesso e Lucy Alves. Nos outros palcos, as apresentações serão de artistas regionais selecionados por meio de edital no início deste mês.

 

As atrações nacionais, segundo Mara Caseiro, foram escolhidas para atender todos os tipos de público. “Procuramos atender a diversos públicos em Corumbá, por isso, escolhemos um nome forte do sertanejo, do samba, do rock e do forró. Nosso lema é ser eclético, fazer uma mistura de ritmos”, disse.

 

 

Apresentações regionais e internacionais também farão parte do Festival América do Sul que, além da Música, ofertará ao público, ações culturais de Teatro, Cinema, Artes Visuais, Artesanato, Literatura, Dança, Economia Criativa e Gastronomia. “É indescritível a alegria que sinto em fazer parte da construção desse festival que promove nossa cultura e, ainda, fomenta a economia da região”, afirmou a presidente da Fundação.

 

Em sua fala, o governador Reinaldo Azambuja destacou a importância da promoção da Cultura como transformação do ser humano. “Apesar de todas as dificuldades econômicas do País, nós conseguimos manter a realização do Festival América do Sul, que é muito importante para a promoção da cultura e fomento da economia local”, disse. Segundo ele, o FASP poderá movimentar até R$ 18 milhões na economia de Mato Grosso Sul. “Estudos mostram que a cada R$ 1 investido na realização de eventos culturais, R$ 5 retornam para a economia local. Esse ano o Governo do Estado está investindo R$ 3,6 milhões na estruturação do Festival América do Sul Pantanal. Então, podemos pensar no importante retorno para a região pantaneira com a ocupação hoteleira, de restaurantes, bares, atrativos turísticos e muito mais”, disse.

 

 

O cantor Zezé Di Camargo discursou um pouco sobre seu amor pelo Pantanal. “Eu me apaixonei pelo Pantanal há mais de 18 anos, que foi a primeira vez que eu vim aqui, e a partir do momento que eu conheci o Pantanal e que eu estou em uma discussão sobre turismo, viagens, eu sempre faço uma pergunta: Vocês conhecem o Pantanal? Praias paradisíacas, maravilhosas tem no mundo inteiro, mas o Pantanal só tem aqui”, disse ele, ao comentar em seguida, sobre seu primeiro contato com o governador. “Conheci o então e hoje falecido prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha e, em conversa com ele, pedi o telefone do governador para conversar sobre o Pantanal e como era pouco divulgado o turismo”, contou o cantor que fará juntamente com seu irmão Luciano, o primeiro show do evento no dia 14 de novembro.