Moka defende proposta realista e transparente

Relator-geral, Moka pretende discutir o orçamento do próximo ano com o futuro presidente, a ser eleito em outubro Por em setembro 11, 2018 2:38 pm , Categorias: Categorias: Categorias: Categorias:

 

 

Relator-geral do Orçamento da União de 2019, o senador Waldemir Moka (MDB-MS) defende a elaboração de proposta orçamentária realista e transparente. A afirmação foi dada durante reunião, em Brasília, com consultores legislativos do Senado para tratar dos procedimentos para aprovação do Orçamento.

 

Moka afirma que pretende discutir o orçamento do próximo ano com o futuro presidente, a ser eleito em outubro. O parlamentar sul-mato-grossense destacou outros pontos para discutir e votar a peça orçamentária: foco na transparência; relatório pronto para votação até o final do ano; e respeito ao trabalho realizado pelos relatores setoriais.

 

A proposta orçamentária para 2019 foi entregue ao Congresso no dia 31 de agosto, obedecendo o prazo estabelecido pela Constituição Federal. A LOA estima a receita e fixa a despesa do exercício financeiro, ou seja, aponta como o governo vai arrecadar e gastar os recursos públicos, contendo, ainda, os orçamentos fiscal, da seguridade social e de investimento das estatais.