Passagem da Tocha Olímpica, em junho, destaca nove municípios de MS

Por em junho 6, 2016 1:14 pm , Categorias: Categorias:

Está chegando a hora. No dia 24, uma sexta-feira, Mato Grosso do Sul recebe o símbolo do maior evento esportivo do mundo, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.  A chama olímpica percorrerá em três dias nove cidades do estado: Bonito, Campo Grande, Sidrolândia, Maracaju, Rio Brilhante, Itaporã, Dourados, Nova Andradina e Bataguassu.

A partir desta semana a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur/MS) publicará matérias especiais sobre os municípios por onde a tocha olímpica passará no estado. As matérias das cidades serão publicadas na ordem da programação oficial, por onde o fogo olímpico passará. A primeira da série “Destinos da Tocha em MS” retrata as peculiaridades e os principais pontos turísticos dos municípios de Bonito e Campo Grande.

O momento da passagem do principal símbolo dos jogos olímpicos ficará eternizado na memória dos sul-mato-grossenses e visitantes que presenciarem o revezamento nas cidades. Os turistas que estiverem acompanhando o evento poderão aproveitar para desfrutar as belezas naturais e culturais do município, além da deliciosa culinária regional.

Os visitantes também podem estender a viagem pelo mosaico natural e cultural sul-mato-grossense em um dos setenta e oito municípios que estão divididos nas dez regiões turísticas: Bonito-Serra da Bodoquena, Caminho dos Ipês, Caminhos da Fronteira, Cone Sul, Costa Leste, Grande Dourados, Pantanal, Rota Norte, Vale das Águas e Vale do Aporé.

Conforme o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Nelson Cintra, o evento será uma grande oportunidade de divulgação dos municípios que vão fazer parte do revezamento. “É um momento histórico e de celebração do esporte. A passagem da tocha é a oportunidade de movimentar as cidades e divulgar ao mundo a nossa diversidade cultural, as belezas naturais, a gastronomia, a hospitalidade e tantas outras expressões que são únicas do nosso estado”, destacou.

O símbolo olímpico desembarca na capital sul-mato-grossense, Campo Grande, na sexta-feira (24), onde pernoitará.  No sábado (25), em uma operação especial a tocha segue de helicóptero para Bonito, onde percorrerá alguns atrativos turísticos pela manhã, a tarde retorna a Campo Grande e inicia o revezamento oficialmente em Mato Grosso do Sul percorrendo alguns dos principais cartões postais da cidade.

No domingo (26), continua em Sidrolândia, passa por Maracaju, Rio Brilhante, Itaporã e finaliza o revezamento em Dourados, onde a tocha olímpica pernoitará. Na segunda-feira (27), o revezamento continua em Nova Andradina e encerra no município de Bataguassu.

A viagem encerrará no dia 5 de agosto de 2016, quando o último condutor da Tocha acenderá a Pira Olímpica durante a Cerimônia de Abertura dos Jogos, no Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).

Press Trip

Dourados é uma das cinco cidades brasileiras selecionadas pelo Ministério do Turismo para receber uma comitiva de jornalistas durante a passagem da tocha olímpica, que ocorrerá no dia 26 de junho. O município concorreu com cidades do Brasil, sendo selecionada pela região Centro Oeste. As demais selecionadas foram Santarém-PA (Norte), Cabo Frio-RJ (Sudeste), Joinville-SC (Sul) e Porto Seguro-BA (Nordeste). Estas cidades receberão jornalistas e blogueiros custeados pelo Ministério do Turismo para conhecer os principais atrativos turísticos, experiências e vivências da região, durante a passagem da tocha.

Entre os atrativos turísticos indicados para serem visitados pelos jornalistas estão: o Galpão das Artes Guaicurus, do mestre Cilso; a Reserva Indígena, incluindo a Vila Olímpica, mostra de artesanato e dança cultural; a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, para conhecer o projeto Sisfron; a Associação da Comunidade Negra Rural Quilombola Dezidério Felippe de Oliveira e a solenidade de passagem da Tocha. Os jornalistas também conhecerão o programa Qualifica Dourados, de qualificação de pessoas, e o Nace (Núcleo de Arte e Cultura), visitarão laboratórios de tecnologia do Senai, a Associação de Mulheres Rurais de Dourados Força Feminina, o museu e o cruzeiro da Colônia Agrícola Nacional de Dourados, a Agrovargas (Associação de Agricultores Familiares de Vila Vargas e, por fim, assistirão uma apresentação musical típica da região.

O objetivo do press trip é estimular a mobilização dos destinos participantes da rota de revezamento da Tocha Olímpica; divulgar e promover as diversidades cultural e natural brasileiras em veículos de comunicação de abrangência nacional; incentivar as viagens nacionais; estimular a competitividade e a atratividade de destinos e produtos turísticos brasileiros; apoiar o fortalecimento da imagem e a promoção dos destinos selecionados, tendo como diferencial as ações desenvolvidas para a recepção da Tocha Olímpica; e estimular o desenvolvimento de ações inovadoras e criativas, que gerem demanda turística para os destinos.

As matérias especiais vão ser publicadas nos sites:www.turismo.ms.gov.br e www.noticias.ms.gov.br e na Fanpage:www.facebook.com/pantanal.bonito

(Assessoria)