População norteia ações de Desenvolvimento Econômico

João Carlos Krug, prefeito de Chapadão do Sul, destacou a colaboração do público no evento Por em setembro 11, 2018 2:32 pm , Categorias: Categorias: Categorias: Categorias: Categorias:

 

 

O Sebrae/MS e a Prefeitura de Chapadão do Sul promoveram na terça-feira passada (4) oficina para construção do Plano de Desenvolvimento Econômico dos setores de Comércio e Serviços do município. O evento faz parte das ações do programa Cidade Empreendedora, e contou com a colaboração de representantes do Executivo Municipal, Legislativo Municipal, Sebrae/MS, UFMS (gestores, docentes e acadêmicos), ACE, BB, Sindicato Rural, Corpo de Bombeiros, Imprensa, além da comunidade em geral.

 

Em sua fala, o prefeito de Chapadão do Sul, João Carlos Krug, aproveitou a oportunidade para agradecer a presença do grande público que lotou o Conviver, e que colaborou integralmente para o desenvolvimento local. “É muito satisfatório ver a presença da população neste evento, que resultará em planos e projetos de curto, médio e principalmente longo prazo. Tenho total certeza de que juntos podemos fazer mais. Também agradeço ao Sebrae/MS, nosso grande parceiro, e todos que fizeram parte para o sucesso deste evento”.

 

De acordo com Volmir Meneguzzo, consultor do Sebrae/MS, a oficina define as ações prioritárias para atender às demandas do segmento. “Dividimos as tarefas, indicando diante dessa proposta o que será feito, por quem e de que forma. O desenvolvimento ocorre por meio do protagonismo da sociedade; e por isso o engajamento dos cidadãos de Chapadão do Sul é fundamental”, destaca.

 

Após as falas, as quase 100 pessoas foram divididas em três grupos: Social, Econômico e Ambiental, dos quais após total interação foram definidas as cinco principais ações que serão trabalhadas no eixo de “Comércio e Serviços”.

 

No âmbito “econômico” ficou definido: Atrair investimentos; Criar Infraestrutura para Alimentação e Lazer da População; Criar Distrito Industrial para Processamento de Matéria-Prima; Criar Clínica Médica para atrair atendimentos conveniado e particular; e Melhorar a Infraestrutura de Comunicação (Internet).

 

Já no âmbito “social” foram elencados: Capacitar mão-de-obra para Rede Hoteleira e Comércio; Planejar modo de inserção para os parceiros se tornarem ativos; Treinamento e Capacitação de atendimento e Relacionamento; Incentivar Projetos socioeconômicos com Certificação para Cadeia Produtiva; e Formação de Jovens Empreendedores.

 

E, no âmbito “ambiental”: Transformar Áreas Verdes em Parques e Projeto de Adote seu Canteiro; Construir Ciclovias e Incentivar o Uso de Bicicletas; Conscientização Ambiental nas Comunidades; Captar Recursos para Subsidiar a Instalação de Energia Solar; e Preservação e Recuperação de Matas Ciliares e Nascentes.

 

CIDADE EMPREENDEDORA

 

O programa Cidade Empreendedora foi desenvolvido pelo Sebrae para atuar junto a prefeituras municipais em oito pontos chave que visam acelerar a economia de cada município que adere à iniciativa: Mapeamento de oportunidades; Desburocratização; Sala do Empreendedor; Compras locais; Liderança; Cultura empreendedora e inovação; Plano de Desenvolvimento Econômico; e Desenvolvimento empresarial.

 

Mais informações sobre o programa em Chapadão do Sul poderão ser obtidas na Sala do Empreendedor pelo telefone (67) 3562-1821 ou ainda pelo e-mail: saladoempreendedor@chapadaodosul.ms.gov.br.

 

Os interessados em conhecer mais sobre a metodologia do programa e detalhes sobre os trabalhos realizados em Mato Grosso do Sul devem entrar em contato com a Central de Relacionamento do Sebrae: 0800 570 0800.