Novas indústrias movimenta construção civil e volta a gerar empregos

Por em junho 28, 2016 1:42 pm , Categorias:

Os canteiros de obras de novos empreendimentos que estão se instalando em Mato Grosso do Sul movimentaram as contratações com carteira assinada no setor de construção civil no Estado no mês de maio.

Juntamente com a retomada de fôlego de alguns setores da agropecuária, como o sucroenergético e o florestal, o número de vagas abertas no mercado de trabalho sul-mato-grossense superou o de abril (foram 562 em maio e 187 no período anterior). Foi o terceiro melhor resultado do país entre os estados que tiveram resultado positivo.

As informações estão na Carta de Conjuntura do Mercado de Trabalho, divulgada nesta segunda-feira (27) pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade) – clique aqui para fazer o download do documento.

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego do Ministério do Trabalho e Emprego (CAGED-MTE), referentes a maio 2016, A criação de novas vagas com carteira assinada deu-se nos setores de: Agropecuária (522 empregos a mais), Construção Civil (397 empregos a mais) e Indústria (154
empregos a mais).

“A política de atração de investimentos em Mato Grosso do Sul está mostrando resultado. O saldo positivo na construção civil foi bastante influenciado pelos canteiros de obras em Três Lagoas, com a Fibria e em Maracaju com a chinesa BBCA. É importante destacar que isso é reflexo dos investimentos atraídos para o Estado. A tendência, principalmente em Três Lagoas e outros municípios da região é de que esse patamar positivo continue nos próximos meses”, comenta o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck.

Sobre o desempenho positivo nas contratações com carteira assinada na agropecuária, Jaime Verruck destacou a “retomada na safra de cana e a abertura de novas vagas em empreendimentos da base florestal. São duas áreas que estao bastante destacadas em relacao à geracao de emprego no Estado”. (Assessoria)