IFMS passa a ofertar curso de Agronomia em Naviraí

Serão abertas 40 vagas para graduação e o ingresso será pelo Sisu Por em dezembro 5, 2017 12:30 pm , Categorias: Categorias: Categorias: Categorias:

 

 

O Campus Naviraí do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) terá uma nova opção de curso superior a partir de 2018, quando a unidade passará a ofertar o bacharelado em Agronomia. Serão abertas 40 vagas para a graduação, que terá duração de cinco anos e aulas nos períodos matutino e vespertino.

 

Essa será a segunda opção de graduação do campus, que desde o ano passado oferece o curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

 

Os interessados nos cursos deverão ficar atentos ao edital de abertura do processo seletivo, que deverá ser publicado na Central de Seleção do IFMS até a segunda quinzena de dezembro.

 

A seleção será feita por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A previsão é que as inscrições sejam abertas em janeiro. Para concorrer a uma vaga, o candidato deve ter participado do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 

NOVIDADE

 

O bacharelado em Agronomia é uma demanda da comunidade local, de acordo com o diretor de Ensino do Campus Naviraí, Wagner Antoniassi. “Desde que o IFMS se instalou no município, em 2014, somos questionados sobre a abertura do curso de Agronomia. Trata-se de uma opção que surge para atender à comunidade e ao setor produtivo”.

 

O setor agropecuário é um dos componentes mais importantes da economia de Naviraí, que possui cooperativas voltadas à produção de fecularia, olerícolas e granjas. Também fazem parte das atividades econômicas da região a criação de gado, plantações de soja, milho, cana de açúcar, mandioca e extração de erva-mate.

 

“Para o desenvolvimento dessas atividades, é importante que os profissionais, engenheiros agrônomos, sejam capacitados a suprir as demandas locais e regionais, de maneira a melhorar a quantidade e a qualidade de alimentos produzidos, utilizar tecnologias atuais, absorver tecnologias futuras e priorizar a produção em um ambiente sustentável”, destaca o coordenador do curso, Renan de Souza.

 

As atividades do curso serão iniciadas no campus provisório do IFMS. Segundo Antoniassi, está em andamento a possível viabilização de uma área para que seja utilizada como fazenda-escola. A ideia é que a estrutura seja implantada próximo à sede definitiva do Instituto, que está sendo construída. A aquisição deverá ser feita com a colaboração de empresas locais e do poder público.


Deixe um comentário