Piloto de Campo Grande é vice-campeão da Fórmula Vee

Lélio Assumpção supera Denis Pedrosa na decisão da Copa do Mato Grosso do Sul de FVee Por em dezembro 4, 2017 5:37 pm , Categorias: Categorias: Categorias: Categorias: Categorias:

 

 

O jovem piloto santista Lélio Assumpção venceu neste domingo (3) em Campo Grande e conquistou o título da Copa do Mato Grosso do Sul de Fórmula Vee. O sul-mato-grossense Denis Pedrosa chegou em quarto lugar e ficou com o vice-campeonato.

 

Em sua primeira temporada na categoria, foi também o primeiro título de Lélio Assumpção no automobilismo. O piloto de Santos (SP), aos 20 anos, fez uma prova marcada por muita emoção e decidida nas últimas voltas.

 

Para Wilsinho Fittipaldi, consultor da FVee, a vitória de Lélio mostra como jovens pilotos podem crescer no automobilismo. “O objetivo da Fórmula Vee é este: dar oportunidade a novos pilotos, numa categoria acessível e de baixo custo. É com projetos assim que o Brasil pode, em pouco tempo, voltar a ter representantes na Fórmula 1. Para o Lélio, ainda falta muito para chegar lá. O caminho é longo e trabalhoso. Mas sempre tem um começo”.

 

Lélio Assumpção terminou o campeonato com 61 pontos, contra 56 de Denis Pedrosa, que liderava a competição, mas chegou em quarto lugar na prova.

 

 

“É uma alegria enorme, principalmente por tudo que passei até chegar aqui”, disse Lélio Assumpção. “Ouvi muito os conselhos do Wilsinho, procurei aprender a cada prova e melhorar sempre. O resultado está aí. Espero que seja o primeiro de muitos títulos”.

 

LUTA ATÉ O FINAL

 

Denis Pedrosa disse que, ao contrário da etapa anterior, em julho, quando venceu uma prova, o carro não estava tão bom. “Fiz o máximo que pude, mas durante todo o fim de semana não consegui alcançar os pilotos paulistas, que estavam muito mais rápidos do que eu. Procurei lutar até o final e fazer o melhor”.

 

O sul-mato-grossense lamentou também não ter tido o apoio de outros pilotos locais para ajudar na briga pelo título. “Eu corri sozinho contra o Lélio e todos os demais pilotos que vieram para Campo Grande. Acabou sendo uma disputa um pouco injusta. Mas corridas são assim mesmo”, afirmou.

 

Para Pedrosa, a perda do título foi dolorida, mas as duas etapas da FVee em Campo Grande foram uma vitória para a cidade. “Há algum tempo o automobilismo estava quase morrendo aqui. Procurei ajudar e me dedicar a erguer o esporte na Capital e no Mato Grosso do Sul. Espero agora que nós, pilotos, tenhamos mais apoio e que possamos ter mais competidores nas próximas provas”.

 

 

PASSO PARA O FUTURO

 

Para Lélio Assumpção, a FVee tem comprovado a sua tradição de 50 anos na formação e revelação de jovens pilotos. “Eu aprendi a pilotar aqui. Com um carro simples e barato, prevalece a qualidade do piloto. É um ótimo lugar para começar e, a partir daqui, buscar sonhos maiores. Até onde posso ir, ainda não sei. Mas tenho certeza que já tenho uma boa base para seguir em frente”.

 

Além da vitória e do título de campeão no Mato Grosso do Sul, Lélio Assumpção cravou durante a prova o recorde da pista de Campo Grande, com o tempo de 1min43s568. A marca anterior era de Zigomar Júnior, em julho deste ano, com a pole position de 1min43s600.

 

PROVAS EM CAMPO GRANDE

 

Para 2018, a FVee pretende aumentar o número de etapas em Campo Grande, de duas para quatro. Um projeto para incrementar a categoria já foi apresentado por Wilsinho Fittipaldi ao Governo de Mato Grosso do Sul e também à Prefeitura de Campo Grande, além de empresários locais.

 

 

Segundo Wilsinho, o objetivo é estimular as competições de automobilismo no Autódromo Internacional de Campo Grande e promover atividades como cursos de pilotagem, treinamento de direção defensiva e ações para levar o esporte às escolas.

 

Para saber mais sobre a FVee, acesse www.fvee.com.br


Deixe um comentário