TRT tenta acordo entre supermercados e comerciários

Mediação já visa o funcionamento dos estabelecimentos nos feriados da próxima semana Por em junho 6, 2017 7:04 pm , Categorias: Categorias: Categorias: Categorias:

 

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT/MS) vai realizar uma mediação pré-judicial entre comerciários e donos de supermercados de Campo Grande, que não chegaram a um acordo para fechar a Convenção Coletiva de Trabalho –CCT – 2017/18, que deveria estar em vigor desde 1º de abril. A mediação será nesta quarta-feira (7), às 13h30, com a presença de representantes das duas categorias.

De acordo com informações de Idelmar da Mota Lima, presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande (SECCG), a entidade entrou com pedido de dissídio coletivo na justiça para garantir os direitos já conquistados pelos trabalhadores e garantir também, no mínimo, a reposição para as perdas inflacionárias no acumulado dos 12 meses que antecedem a data base da categoria.

“Sempre estivemos abertos à negociação, mas não podemos, e não o faremos, é abrir mão dos direitos já conquistados e conseguir também o mínimo de reposição salarial para os nossos trabalhadores”, afirmou o líder sindical, que preside também a Força Sindical Regional Mato Grosso do Sul, que apoia a luta dos comerciários que trabalham em supermercados de Campo Grande, assim como a Fetracom/MS (Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Mato Grosso do Sul).

Lembrando que sem fechar a CCT 2017/18, os supermercados não têm autorização da justiça (e nem amparo legal) para abrir nos feriados, inclusive os próximos que virão, na próxima semana: Santo Antônio e Corpus Christi.


Deixe um comentário