Baú da Folha

DAS ANTIGAS

Entre 1990 e 1992, Carlos Alberto Chiarelli comandou dois ministérios no governo de Fernando Collor, o de Educação e o de Assuntos de Integração Latino- Americana, o Ministério do Mercosul. Nesse período visitou Mato Grosso do Sul e numa dessas agendas trocou ideias com o senador Rachid Saldanha Derzi, o secretário de Indústria e Comércio Aldair Heberle, e os deputados Fernando Saldanha e Oscar Goldoni (foto), todos especialistas em fronteira. Derzi, Saldanha, Goldoni e Heberle já subiram para outro plano, enquanto Chiarelli, gaúcho de Pelotas, ex-deputado federal e ex-senador, é advogado, professor e fez 80 anos em maio.

Compartilhe: