Campo-grandense: músicas autorais revelam talento de Pilar

Pilar lança EP com seis faixas autorais e participação luxuosa de Zeca Baleiro

O EP ‘Confluir’ comprova o grande talento de Pilar. A campo-grandense de 24 anos lança o novo trabalho com músicas próprias e uma produção de alto nível. ‘Confluir’ traz a participação especial de Zeca Baleiro na faixa ‘Favela City’ e a mixagem é do renomado Luis Paulo Serafim, ganhador do Latin Grammy. O trabalho está disponível nas principais plataformas digitais (https://onerpm.lnk.to/Confluir) e foi produzido e gravado em São Paulo no ano de 2019. Quem assina a produção é o pianista e tecladista Adriano Magoo.

As músicas de Pilar passeiam por diferentes gêneros musicais, como reggae, pop, jazz, soul e MPB. Uma das características da jovem compositora são as letras que exploram várias línguas, misturando o português com outros idiomas como o espanhol, o francês e o inglês. O EP traz seis composições da campo-grandense: Feminility; Elevate Inside; Favela City; Junto e Misturando; Namastreta; e Van Gogh. “Minhas composições são um reflexo íntimo de mim e de minha percepção do mundo”, ressalta Pilar.

A cantora e compositora apresentou-se em grandes eventos no ano passado. Entre eles o badalado ‘Brazilian Day’, realizado em Estocolmo, na Suécia, e o ‘Festival Mundo Psicodélico’, na cidade de São Paulo. Pilar também é artista visual e desde os cinco anos percebeu seu amor pela música. “Eu comecei musicalização por incentivo de meus pais e nunca mais parei”, conta Pilar.

‘Confluir’ simboliza a união das águas em um corpo só, o oceano, e representa para Pilar o processo de mergulhar no universo da criação. “O EP faz essa conexão da natureza com o urbano, das minhas influências, das culturas musicais que conheci, e do meu passado com meu eu presente. Tudo que se une para formar esse corpo hoje”, reflete a campo-grandense.

Compartilhe: