Abertura de empresas bate recorde no primeiro quadrimestre

Setores de serviços e comércio foram os principais responsáveis pelo resultado positivo

Entre os meses de janeiro e abril, Mato Grosso do Sul viu a abertura de 3.088 novas empresas. Os dados são da Jucems (Junta Comercial do Estado) e significam um recorde para o período. Até então, o melhor desempenho para o primeiro quadrimestre do ano havia sido registrado em 2013, quando foram abertas 2.674 empresas. O resultado de 2021 é 13,8% melhor do que o recorde até então. Em relação ao ano passado, o crescimento da abertura de empresas é ainda maior: 30%. No mesmo período de 2020, foram abertas 2.361 empresas no Estado.

O setor de serviços foi o que mais teve abertura de empresas: foram 1.981, ou 64,09%. Já o setor de comércio foi responsável pela abertura de 966 empresas (31,25%). Outras 144 empresas do setor industrial também foram abertas.

De acordo com a Jucems, no mês de abril foram constituídas 716 empresas em Mato Grosso do Sul. O desempenho é 59,11% maior do que em abril do ano passado, quando foram registradas 450 novas empresas.

Com investimento de quase R$ 2 milhões, a Oculum foi uma das empresas abertas na Capital, no Shopping Campo Grande, neste período. Consolidada no Nordeste, a empresa abriu a primeira loja em Mato Grosso do Sul e já tem bons resultados: nos primeiros 20 dias de operação, as vendas foram 20% maiores do que o esperado pelos sócios.

“A pandemia foi um período de perdas para alguns setores, mas de oportunidade para outros. Com o aquecimento do mercado óptico, expandimos o negócio e abrimos a primeira franquia da Oculum em Campo Grande. Pesquisas de mercado que fizemos apontaram que a cidade tinha espaço para o nosso negócio e, assim, desembarcamos no Estado”, afirma o sócio da empresa, Igor Revoredo.

Com a abertura da loja no Shopping Campo Grande, os sócios chegam à quarta franquia da marca, que já tem 37 lojas espalhadas pelo país. “Com o uso intenso de telas a demanda pelas óticas também tem aumentado. Agora, é a hora de apostarmos nos diferenciais, como atendimento personalizado e pós-venda”, lembra Revoredo.

Os dados da Jucems apontam que os municípios que mais atraíram investimentos no primeiro quadrimestre do ano foram Campo Grande, com 120 novas empresas (38,34%); Dourados (9,9%); Três Lagoas (8,31%); Maracaju (2,88%); e Ponta Porã (2,56%).

Compartilhe: