Atleta vende “sacolé” para disputar Campeonato Brasileiro

Além de Théo vender “gelinhos”, seus familiares e amigos realizam vaquinha online e doações para custear despesas

 

 

O atleta mirim de Jiu-Jitsu Théo Holsback Currales está fazendo uma vaquinha online para custear as despesas para poder participar do Campeonato Brasileiro edição 2019.

 

Os recursos arrecadados serão utilizados para despesas de transporte, alimentação, hospedagem e demais gastos pertinentes à participação do atleta no evento, que acontece nos dias 27 e 28 de abril, na cidade de Barueri (SP).

 

Théo do Nascimento Holsback Currales, tem 10 anos, é atleta da Academia Fight Sports Rio Verde, de Rio Verde de Mato Grosso (MS), iniciou seu treinamento aos 5 anos de idade e hoje é atleta competidor amador membro da Fight Sports MS, sob orientação do Sensei Adler Dutra – Faixa preta. O atleta conta ainda com o apoio da equipe Oh2 Academia, onde realiza sua preparação física.

 

Théo é graduado faixa amarela de Jiu-Jitsu, faixa branca ponta cinza de judô, corda verde de Capoeira e participa ativamente de competições estaduais na modalidade Jiu-jitsu.

 

O atleta vem se destacando no cenário estadual e em 2019 quer alçar voos maiores, participando de competições a nível nacional.

 

Segundo Théo, para arrecadar o dinheiro necessário para o campeonato, além da vaquinha, contribuição e doações de amigos, familiares, ele vende no contra turno escolar gelinhos (sacolés), que a mãe faz, e ajuda o pai na academia, dando aula para crianças e adolescentes.

 

O jovem já acumula inúmeras medalhas e conquistas e, de acordo com o pai do atleta, o valor das despesas é de aproximadamente R$ 3 mil reais e a campanha on-line do ano passado representou cerca de 40% do total arrecadado em doações.

 

Segundo os pais do atleta, “o valor das despesas é muito alto, somos funcionários públicos e não dispomos de ajuda do Poder Público e por isso contamos e necessitamos dessas doações e ajuda de voluntários para que ele possa participar desses eventos, levando e defendendo o nome do município e estado”.

 

“O dinheiro que arrecadarmos, além de ajudar nessa viagem, vai ajudar também na aquisição de quimono, pagamento de taxas das federações e até mesmo a inscrição”, explicou Thiago Holsback, pai do atleta.

 

Doações e qualquer tipo de ajuda podem ser ofertados pelo telefone (67) 99669-5887 (WhatsApp) e (67) 98404-5361 (ligações).

Compartilhe: