‘Casal Grávido’ realiza edição em plataforma virtual, aberta para toda a comunidade

O objetivo do curso é dialogar com mães e pais sobre questões referentes à gestação e primeiros cuidados com o bebê

O “Casal Grávido” realizou a sua primeira edição em plataforma virtual na última quinta-feira (25). Com a recomendação para o distanciamento social, devido à pandemia de Covid-19, a equipe preparou o curso via webinar, aberto não só aos beneficiários da Cassems, mas para toda a comunidade. Desde 2011, o programa de prevenção proporciona atenção, esclarecimentos e instruções para casais de beneficiários sobre o desenvolvimento saudável do bebê desde o útero. Os cursos também buscam desmistificar falácias sobre a gestação e os primeiros cuidados por meio de palestras e aulas práticas com profissionais das áreas relacionadas à saúde do bebê e da mãe.

A diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, explica que a intenção do curso é reproduzir virtualmente a troca de saberes que antes, tradicionalmente, era realizada presencialmente. “A Caixa dos Servidores inova mais uma vez, trazendo esse diálogo não só para beneficiários, mas para toda a sociedade sul-mato-grossense, e fazendo a interação em tempo real, para mostrar que o pré-natal e os exames de prevenção devem continuar e essa gestante precisa se cuidar em tempos de pandemia”.

Maria Auxiliadora destaca que um casal inscrito no curso virtual foi sorteado para participar presencialmente da demonstração prática do momento do parto. “Temos um casal presente, que participará do curso somente no momento da simulação do parto, que é uma dinâmica já presente na modalidade presencial do ‘Casal Grávido’. Os outros profissionais de saúde convidados para palestrar estão em suas casas”.

De acordo com Paula Serafim, enfermeira, uma vantagem do programa de prevenção em plataforma virtual é a possibilidade da extensão para mais famílias. “O meu trabalho no ‘Casal Grávido’ é mostrar alguns cuidados que são essenciais e práticos, e os pais terão que realizar em casa, como o banho do bebê, o curativo do coto umbilical e a troca de fraldas, que são procedimentos simples, mas podem despertar muitas dúvidas e inquietações”.

A beneficiária Bruna Maldonado é mãe de primeira viagem e explica que ainda tem algumas dúvidas de procedimentos e cuidados necessários. “Acho iniciativas como essas muito importantes, ainda mais nesse momento de pandemia que estamos vivendo, pois não é possível estar perto da família, que seria a minha rede de apoio. Com o auxílio dos profissionais de saúde, me sinto mais segura para cuidar do bebê”.

Para Pablo de Oliveira Maldonado, beneficiário da Cassems que acompanha o curso, mesmo que a gestação aconteça no corpo de sua esposa, a responsabilidade deve ser compartilhada entre os dois. “É muito importante que não só ela, mas eu também aprenda, pois devo exercer uma função tão essencial quanto a dela, e é fundamental saber o que fazer para proporcionar os devidos cuidados e fornecer tudo o que a nossa filha vai precisar para crescer de maneira saudável”.

Compartilhe: