Ensino público e prevenção ao suicídio na agenda da Alems

Deputados propõem Libras e cadastro de primeiro emprego na rede pública estadual

Medidas para ampliar o alcance social do ensino e atividades regimentais com ênfase na prevenção ao suicídio são destaques nas agendas temáticas deste mês na Assembleia Legislativa. Já na primeira semana os deputados trataram de três matérias ligadas à Educação. Um projeto do deputado Jamilson Name (sem partido) dispõe sobre a inclusão da Língua Brasileira de Sinais (Libras) na grade curricular da Rede Estadual de Ensino.

Outro projeto, do deputado Neno Razuk (PTB), cria o Cadastro Especial de Primeiro Emprego (Cepe) para os estudantes da rede. A Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia e a Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração deram pareceres favoráveis. Do deputado Antônio Vaz (Republicanos), a proposta que inclui o empreendedorismo no conteúdo transversal no currículo das redes também foi aprovada nesta comissão.

PREVENÇÃO

O Programa Juventude em Pauta, da TV Assembleia, realça a programação do Setembro Amarelo, campanha nacional de prevenção ao suicídio. Na pauta, uma entrevista aborda com especialistas os sinais perceptíveis que podem ser observados para evitar que alguém atente contra a própria vida.

Os sinais foram listados pela psicóloga Natielle Braga, pós-graduada em Terapia Cognitiva e com especialização em métodos de prevenção ao suicídio. O Juventude em Pauta é um programa mensal com temas relacionados às pessoas entre 15 e 29 anos.

Compartilhe: