Legislativo maracajuense reforça mobilização do Outubro Rosa

Exames preventivos e tratamento precoce estão salvando muitas vidas

Os vereadores de Maracaju consideram fundamental o engajamento de toda sociedade na campanha do Outubro Rosa. Os objetivos principais são informar, mobilizar e envolver todos os segmentos da comunidade na conscientização sobre o câncer de mama. Os parlamentares destacam a importância dos procedimentos preventivos que, quando são adotados, oferecem chances quase totais de cura na grande maioria dos casos.

Segundo a Câmara Municipal, a campanha vem dando bons resultados em todo o planeta. O Outubro Rosa – movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama – foi criado no início dos anos 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e conscientizar sobre a doença, além de proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

A doença é resultante da multiplicação de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns se desenvolvem rapidamente, e outros, não. A maioria dos casos tem boa resposta ao tratamento, principalmente quando diagnosticado e tratado no início. Depois do câncer de pele, o câncer de mama é o mais comum e o que mais causa morte no Brasil. Em 2019 foram 18.068 mortes e em 2021 já são 66.280 casos novos estimados.

Alguns tipos de câncer, entre eles o de mama, apresentam sinais e sintomas em suas fases iniciais. Detectá-los precocemente traz melhores resultados no tratamento e ajuda a reduzir a mortalidade. Não há uma única causa para essa doença. Diversos fatores estão relacionados. O risco aumenta com a idade, sendo maior a partir dos 50 anos. Apesar de raro, os homens também podem ter câncer de mama (apenas 1% dos casos).

Compartilhe: