Revitalização continua melhorando ruas de Campo Grande

Principais avenidas e corredores de maior fluxo estão recebendo nova camada asfáltica

O atendimento às demandas fundamentais das comunidades é assegurado pelo governo estadual, graças a um planejamento financeiro e operacional direcionado às necessidades estratégicas apontadas por cada município por meio das audiências feitas durante a etapa de consultas do Programa Governo Presente. Com isso, a Capital e os demais 78 municípios são contemplados com investimentos em infraestrutura e serviços essenciais.

Mesmo com o novo cenário econômico imposto pelo novo coronavírus, o programa Governo Presente permite que alguns investimentos continuem acontecendo, como é o caso do cronograma de obras de revitalização de ruas e avenidas de diversas regiões de Campo Grande. A gestão estadual viabilizou a liberação de R$ 18 milhões, sendo R$ 2,5 milhões como contrapartida ao Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa).

As obras em mobilidade da região central da cidade contemplam a Rua Chaadi Scaff, na Vila Rosa Pires; Avenida Rodolfo José Pinho, no Jardim São Bento; Rua Amazonas, entre a Ceará e a Paraíba; Rua Pernambuco, da Rua Ceará até a Bahia e da 13 de Maio até a Padre João Crippa. No Anhanduizinho, as obras de melhorias na Avenida Raquel de Queiroz, no Aero Rancho; na Avenida Filinto Muller, Rua Francisco dos Anjos e Rua Candelária, no Bairro Pioneira; e Rua dos Jasmins, no Jardim Jóquei Clube.

As demais áreas também recebem o benefício. As frentes de trabalho atendem as sete regiões urbanas, como as do Bandeira e Lagoa. Na primeira, principais vias estão sendo recapeadas. No Bairro Tiradentes, a Avenida Marquês de Pombal, José Nogueira Vieira, Rua Marquês de Lavradio e parte da Avenida Três Barras receberam melhorias de infraestrutura a partir dessa parceria. A Avenida Ministro João Arinos e a Rua Cayova também irão passar por recapeamento.

No Lagoa, a Avenida Marinha, principal via de acesso ao Coophavilla II, está sendo recapeada, oferecendo melhoria na mobilidade urbana da região. A rua Clineu da Costa Moraes, que liga a rotatória da Marechal Deodoro com a Manoel da Costa Lima no Jardim Leblon, e a Rua Manoel Joaquim de Moraes, que liga os bairros Vila Jussara, Coophamat e Tijuca estão inseridas no projeto de recapeamentos.

“Estamos focados hoje no combate da Covid-19, que vem exigindo esforço muito grande de todos nós. Porém, não podemos paralisar toda nossa estrutura administrativa, em especial projetos voltados a qualidade de vida e bem estar da população. O Estado está andando, apesar desta pandemia impor duras perdas e exigir esforço de todos nós administradores”, explica o governador Reinaldo Azambuja.

Compartilhe: