Rinaldo destaca caráter permanente de ação criada na emergência

“É a gestão responsável que vem assegurando estas soluções”, afirmou o deputado do PSDB

Uma ação de Estado e não de Governo. Assim o deputado estadual Professor Rinaldo (PSDB) dimensiona o programa ‘Mais Social’, para ilustrar seu alcance junto às camadas mais necessitadas da população sul-mato-grossense. Lançado e sancionado pelo governador Reinaldo Azambuja após a aprovação da Assembleia Legislativa (Alems), o programa vai entregar todo mês R$ 200,00 como auxílio de emergência na pandemia a 100 mil famílias em grave situação de risco e sobrevivência.

“Neste momento atípico que estamos vivendo, a sensibilidade do Governo do Estado em criar o programa e a agilidade para aprová-lo, não só demonstram a harmonia entre os poderes, como também garantem que as pessoas com o perfil de vulnerabilidade recebam este recurso o mais rápido possível”, disse o parlamentar. “O Estado enfrenta um quadro difícil com a pandemia. Mas a gestão responsável desses últimos seis anos permitiu que fossem criadas estas soluções”, completou.

O deputado refere-se ao aumento no auxílio do programa social existente, o Bolsa Família, assegurando um recurso de R$ 180,00 para 30 mil pessoas, e agora ao socorro para 100 mil pessoas pelo ‘Mais Social’. Ele exalta a sensibilidade para tomar a iniciativa e também a agilidade para sua aprovação. “O mais importante é que podemos contar com um programa de caráter permanente, ou seja, é um programa de Estado. Mesmo com a alternância de poder, que é fundamental na democracia, as pessoas continuarão sendo amparadas”, finalizou.

Compartilhe: