Sidrolândia mobilizada por melhorias na área da segurança

Gerson Claro aplaude iniciativa da comunidade e a atenção do poder público

“É um movimento legítimo e necessário, precisa ser ouvido e atendido”. A afirmação é do deputado estadual Gerson Claro (PP), ao comentar a iniciativa da população de Sidrolândia e a sensibilidade das autoridades na busca de melhorias para o sistema de segurança pública no município. Representantes dos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público e comando das polícias Civil e Militar se reuniram na terça-feira (14) com o propósito de compreender os principais desafios da comunidade e apontar futuras intervenções que aprimorem as respostas no combate à violência e à criminalidade.

“Um dos problemas que mais preocupam as autoridades é a vulnerabilidade dos moradores dos assentamentos, localidades propícias para servir de esconderijo aos criminosos”, observou Gerson Claro, que é o presidente da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) da Assembleia Legislativa (Alems). Ele assumiu o compromisso de levar essa e outras demandas ao governo do Estado.

“Foi solicitada a implementação de um projeto de patrulhamento rural nos assentamentos e agrovilas do município. Outra questão que levaremos ao governador é a possibilidade de realizar um concurso público para aumentar o efetivo policial em Sidrolândia”, informou. Sobre o crescimento dos números relativos à violência doméstica, outro pedido da comunidade é a instalação de uma Delegacia da Mulher. “Também vamos conversar com o secretário de Justiça e Segurança Pública sobre esse item da pauta, tão relevante para a comunidade”, completou Gerson Claro.

RECURSOS

O Conselho Comunitário de Segurança recebeu R$ 100 mil para investimentos em melhorias e reformas estruturais das unidades policiais do Município. A verba, fruto de uma devolução orçamentária da Câmara Municipal, foi repassada pela prefeita Vanda Camilo (PP). Até outubro, também será destinado o efetivo para funcionamento do posto policial do Quebra Coco.

Participaram da reunião a presidente da Câmara de Vereadores, Juscinei Claro Dino; o presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Waltemir Ferreira Ribeiro; a promotora de Justiça, Daniele Borghetti Zampieri; o Juiz da 3ª Vara Criminal de Sidrolândia, Claudio Muller Pareja; a delegada de Polícia Civil, Thais Duarte; e o coronel da Polícia Militar André Henrique de Deus Macedo, comandante do Policiamento Metropolitano, entre outras autoridades.

Compartilhe: