Transporte coletivo será monitorado em tempo real pela polícia

Diretores do Consórcio Guaicurus reuniram-se com representantes do Comando de Policiamento Metropolitano

Diretores do Consórcio Guaicurus reuniram-se com representantes do Comando de Policiamento Metropolitano de Campo Grande, da Polícia Militar, com o objetivo de discutir a viabilidade de formalização de termo de parceria para que o CPM tenha acesso em tempo real às imagens captadas pelo sistema de monitoramento das empresas de ônibus.

A idéia é integrar as imagens captadas pelo sistema de transporte coletivo à rede de monitoramento da polícia, tanto para coibir a prática de crimes como também para auxiliar em eventuais investigações e monitorar os corredores exclusivos de ônibus quando estes entrarem em operação.

De acordo com o diretor-executivo do Consórcio Guaicurus, Robson Strengari, o comandante do CPM, coronel André Henrique de Deus Macedo, juntamente com outros integrantes da corporação, conheceu a central de monitoramento, o sistema de biometria e teve ainda acesso às imagens captadas pelas empresas nos terminais de embarque e desembarque e também nos próprios veículos que compõem a frota do transporte coletivo.

“A idéia é disponibilizar essas imagens ao CPM, por meio de convênio, tanto para ações de segurança pública como também para autuar os motoristas que eventualmente invadirem os corredores exclusivos de ônibus quando estes entrarem em funcionamento”, explicou Robson Strengari.

Compartilhe: