Turismo já entrou em fase de reaquecimento no Estado

Primeiro semestre já registrou quase 241 mil visitações aos atrativos de Bonito

De março a dezembro de 2020, primeiros 10 meses de pandemia, o turismo em Mato Grosso do Sul estava entre os segmentos econômicos mais afetados pelas restrições impostas nos protocolos sanitários, sobretudo o distanciamento social e as proibições de aglomerações e circulação de pessoas. Este ano, com a campanha de vacinação avançando, o cenário já começa a ser positivamente alterado.

Em Bonito, um dos mais procurados points turísticos do País, já se respira o ar da retomada de sua principal atividade econômica. Só nos primeiros seis meses de 2021, o número de visitações aos atrativos turísticos locais chegou a 240.999, uma quantidade 26,97% superior às 189.793 visitas no mesmo período do ano passado, quando a cidade ficou fechada para turistas por três meses.

OTIMISMO

Empresários do setor e agentes do poder público estão otimistas com esses números, divulgados pelo Observatório do Turismo e Eventos de Bonito (OTEB), e apostam num segundo semestre ainda mais movimentado.

A secretária municipal de Turismo, Indústria e Comércio, Juliane Salvadori, assinala que embora trabalhando com capacidade reduzida por causa da pandemia, a cidade já percebe o aumento da procura por reservas em hotéis e passeios. “Nosso objetivo agora é fazer com que essa retomada seja sustentável, organizada e cumprindo protocolos de biossegurança para manter os níveis de excelência”, enfatiza.

O diretor-presidente da Fundtur-MS (Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul), Bruno Wendling, opina que o bom desempenho do Estado na condução da pandemia tem refletido positivamente no setor. “Mato Grosso do Sul é o primeiro na vacinação. Isso traz segurança ao turista, todos ficam mais tranquilos”.

Compartilhe: