Vereador e diretor de Trânsito homenageados com títulos de cidadania

Carlão Borges: “Eles dedicam as suas vidas em favor de todos os munícipes”

Por iniciativa de Carlão Borges (PSB), presidente da Câmara Municipal e autor da indicação, o vereador Delei Pinheiro (PSD) e o diretor de Trânsito da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Sidnei Oshiro, foram homenageados com o título de cidadania campo-grandense. A honraria foi entregue durante a sessão especial de terça-feira (24) e fez parte do programa de comemorações dos 122 anos de Campo Grande.

“Fico mais emocionado do que os homenageados, principalmente porque conheço a trajetória do Delei e do Sidinei. São trabalhadores e capazes, não só pelo sucesso profissional de cada um ou por suas famílias, mas também porque dedicam suas vidas em favor de todos os munícipes”, afirmou Carlão. “Delei Pinheiro é um trabalhador pela habitação social; e o Sidinei pela segurança no trânsito”.

TRAJETÓRIA

Carlão contou que ele e o prefeito Marquinhos Trad (PSD) comentavam sobre o destino de ambos. Lembrou ter iniciado sua trajetória representando o movimento comunitário na favela do Nova Lima, até virar adjunto de Marquinhos na Secretaria de Assuntos Fundiários. “O Delei era um auxiliar de topografia na Empresa de Habitação (Emha). Mas antes ele foi gari. Houve um tempo em que eu e o Delei comíamos de marmita e depois esticávamos as lonas na favela do Nova Lima”, recordou, emocionado.

Depois de observar que o título de cidadania campo-grandense era quase sempre outorgado a “pessoas ricas, altamente diplomadas e que geravam mais de 1000 empregos”, Carlão disse o que fez para alterar essa tradição. “Desde que assumi o primeiro mandato, fiz questão de homenagear pessoas que diariamente fazem a diferença. Além de doutores e empresários, era preciso incluir as pessoas simples, trabalhadoras, que foram além de sua classe social”.

Compartilhe: